segunda-feira, 3 de agosto de 2020

SAAE Limoeiro do Norte anuncia paralisação por conta do novo sistema do Bixopá

A imagem pode conter: texto que diz "SERVIÇO AUTÔNOMO DE ÁGUA E ESGOTO COMUNICADO VISANDO MELHORIAS NO ABASTECIMENTO DA REGIÃO DE ΒΙΧΟΡÁ, ESPINHO, ANINGAS, LAGES, SAPÊ E ADJACÊNCIAS, EQUIPE DO SAAE REALIZARÁ AMANHÃ DIA 04/08/2020, NOVO SISTEMA DE BOMBEAMENTO PARA ATENDER MELHOR os USUÁRIOS DESSAS COMUNIDADES E DO DISTRITO DE ΒΙΧΟΡÁ. POR CONTA DISSO o ABASTECIMENTO SERÁ DESLIGADO DAS 7:00hs COM PREVISÃO PARA RETORNO AS 12:00hs DO MESMO DIA LIMOEIRO DO NORTE, 03 DE AGOSTO DE 2020"
O SAAE de Limoeiro do Norte sempre está á busca de melhorar o sistema de abastecimento das comunidades rurais.

E em mais um comunicado oficial a autarquia anuncia a paralisação para esta terça-feira(04/08) visando melhorias no sistema que abastece as comunidades de Bixopá, Espinho, Aningas, Lajes, Sapé e adjacências.

Por conta desta ação o novo sistema que vai melhorar o abastecimento das comunidades citadas, vai ser necessário a interrupção no fornecimento de água por volta das 7:00 horas da manhã com previsão de retorno ás 12:00 horas do mesmo dia.

Veja comunicado no perfil oficial do Facebook

Prejuízos para cearenses: greve geral dos Correios é convocada por funcionários

Os Correios devem entrar de greve no próximo dia 18, de acordo com o que afirmam os funcionários da empresa, alegando que tiveram 70 direitos revogados, como 30% do adicional de risco, vale-alimentação e auxílio-creche. De acordo com a Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares (Fentect), a categoria entrou em estado de greve e vai realizar assembleias regionais no dia 17 para confirmar a paralisação.

Segundo uma nota publicada em seu site, a federação aponta que os Correios desrespeitaram um acordo coletivo vigente até 2021, e que funcionários receberam o contracheque de agosto com descontos indevidos. De acordo com a publicação, houve aumento na participação dos planos de saúde, enquanto houve redução da parte da empresa, algo incompatível com a média do piso salarial dos funcionários, de R$ 1,7 mil.

Além disso, a federação afirma que há “descaso e negligência da empresa com a vida de trabalhadores e clientes” durante a pandemia. De acordo com a publicação, os sindicatos estão travando diversas disputas judiciais para itens de segurança, como sabonete, álcool em gel, desinfecção de agências e testagem de trabalhadores.


Resultado das inscrições do Fies e da 2ª chamada do Prouni serão divulgados nesta terça

Milhares de estudantes cearenses aguardam com expectativa o resultado de processos seletivos para conquistar uma vaga no ensino superior. Os resultados das inscrições no Fundo de Financiamento Estudantil e da 2ª chamada do Programa Universidade para Todos  serão divulgados nesta terça-feira.

Os candidatos pré-selecionados no Fies para obter o financiamento em cursos superiores não gratuitos, em instituições de educação superior particulares, tem até o dia 6 deste mês para realizar a complementação da inscrição. Os candidatos não pré-selecionados na chamada única do Fies poderão disputar uma das vagas ofertadas por meio da lista de espera, a inclusão será automática.

Já os candidatos que não forem selecionadas em nenhuma das duas chamadas do ProUni, ainda podem disputar uma bolsa por meio da lista de espera. O prazo para que o candidato inscrito manifeste interesse nessa última etapa da seleção do Prouni de 18 a 20 de agosto. Nesse caso, o resultado será divulgado no dia 24 de agosto.

Mais de 800 mil novos beneficiários devem receber grana do auxílio emergencial nos próximos dias

A Caixa Econômica Federal aprovou hoje (3) a inclusão de 805 mil novos beneficiários do auxílio emergencial de R$ 600, pago pelo governo federal para combater a crise econômica provocada pela pandemia da covid-19. Além dessas pessoas, outras 345 mil tiveram o cadastro validado para receber as parcelas 3 e 4 do auxílio.

Do total de pagamentos, a Caixa Econômica Federal já destinou R$ 8,2 bilhões ao Ceará com pagamentos do auxílio emergencial de R$ 600 durante a pandemia do novo coronavírus. Segundo Pedro Guimarães, presidente da instituição financeira, ao todo, já foram pagos mais de R$ 145,9 bilhões para cerca de 65,4. Desse montante, R$ 8,2 bilhões foram destinados ao Ceará, representando 5,6% do valor total. 

Ceará é o terceiro estado do Nordeste com maior volume de recursos, em primeiro aparece Pernambuco (R$ 8,6 bilhões) e Bahia (R$ 13,6 bilhões). 

O pagamento dos novos elegíveis será feito a partir de quarta-feira (5). Nesse dia, os nascidos de janeiro a maio (483 mil pessoas) terão o crédito disponibilizado na poupança social digital. Os pagamentos aos nascidos nos meses posteriores, considerando os novos elegíveis, ocorrerão nos dias seguintes.

No dia 7 de agosto será a vez dos nascidos em junho; no dia 12, dos nascidos em julho; no dia 14, dos nascidos em agosto; dia 17, dos nascidos em setembro; dia 19, dos nascidos em outubro; dia 21, dos nascidos em novembro e no dia 26 de agosto, dos nascidos em dezembro. A Caixa tem disponibilizado o auxílio em uma poupança digital, acessível pelo aplicativo Caixa Tem.

Pelo aplicativo é possível fazer compras online em estabelecimentos autorizados e pagar boletos. O saque em dinheiro do benefício, em uma agência do banco, é autorizado posteriormente, conforme calendário estipulado pela Caixa.

As 483 mil pessoas que receberão o auxílio no Caixa Tem na próxima quarta-feira, por exemplo, poderão sacar o valor a partir do dia 8 de agosto.

Considerando o auxílio emergencial, o benefício emergencial de preservação de emprego e renda, pago pelo governo para impedir que as empresas em crise demitam seus funcionários e o saque emergencial do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), no valor de R$ 1.045, a Caixa está fazendo pagamento a 121 milhões de pessoas. Segundo cálculos do banco, oito em cada dez adultos no Brasil receberão algum desses benefícios.

sexta-feira, 24 de julho de 2020

Advogado Cícero Júnior ratifica posição política em Limoeiro do Norte


O advogado e ex-vereador Cicero Júnior de Limoeiro do Norte, ratificou sua posição política. Em texto se sua autoria circulando em redes sociais e aplicativo de mensagens o político afirma que além de não estar afiliado a partido algum tem o compromisso de ajudar o seu irmão Ivo Viana que é pre-candidato a vereador.

Júnior destaca a história política da família e finaliza afirmando que a família estará unida firme no objetivo de eleger seu irmão (Ivo Viana) á vereador e o atual prefeito Zé Maria Lucena á prefeito nas eleições deste ano de 2020.

Leia o texto:

"Todos aqui do grupo sabem que o meu irmão Ivo Viana, está pré candidato à vereador pelo PV. 
Eu, não estou filiado a nenhum partido político. 

Mas tenho o compromisso de votar e ajudar o meu irmão em sua escolha política partidária. 

Não poderia ser diferente, a história política dos Vianas, (Cícero Viana & filhos) mostra que sempre temos pontuados nossas escolhas com liberdade de expressão, e públicas, porém sempre juntos na Eleição majoritária. 

Assim, votaremos unidos no  dr. Zé Maria, para prefeito, e Ivo Viana para vereador. 

Mais uma vez estamos unidos para prefeito também."


----------------------------------------------------------------------------------

sexta-feira, 10 de julho de 2020

SAAE Limoeiro do Norte amplia rede na rua Sousa Andrade

O SAAE - Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Limoeiro do Norte, realizou a ampliação da rede de distribuição de água na Rua Sousa Andrade, entre as Ruas João Maria de Freitas e Rua Padre Vicente.
A imagem pode conter: céu, nuvem e atividades ao ar livre
Em uma extensão de 132,00 metros lineares com tubo PBA 60mm a rede vai atender diversos usuários do sistema.

A obra foi executada e acompanhada pelo superintendente da autarquia Valdo Lemos (foto) atendendo a determinação do prefeito Zé Maria Lucena e do vice prefeito Dr. João Dilmar da Silva, que continuam trabalhando firme no atendimento das demandas apresentadas pelos cidadãos limoeirenses.

IFCE inicia distribuição de chip de dados móveis para estudantes sem internet

O Instituto Federal do Ceará (IFCE), campus Tabuleiro do Norte, abriu, na terça-feira (7), o prazo para solicitação dos chips de dados móveis (SIM card) para acesso às aulas remotas. O dispositivo conta com um pacote mensal de 20GB e deve ser utilizado, exclusivamente, para acesso à internet com o objetivo de acompanhar as aulas virtuais.

Para solicitar o chip, os estudantes têm de atender os critérios definidos na Portaria nº 706/GABR/Reitoria/2020: estar regularmente matriculado, não possuir acesso à internet ou possuir plano mensal de dados móveis com capacidade inferior a 20GB, ter manifestado interesse em aderir ao ensino remoto e ter renda familiar per capita de até 1,5 salário-mínimo.

A solicitação do chip de dados móveis deve ser feita por meio de formulário próprio (clique aqui) utilizando o e-mail institucional do aluno. Caso o estudante ainda não tenha ativado o e-mail institucional, o mesmo deve fazer a solicitação acessando este link. O estudante (ou o seu responsável no caso de estudantes menores de idade) deve estar ciente de que o chip deve ser usado, exclusivamente, para acesso às atividades remotas e que o IFCE poderá monitorar os sítios visitados pelo discente e, em caso de uso indevido, aplicar sanções. A expectativa do campus Tabuleiro do Norte é a de atender entre 20% a 30% dos alunos.

"Esse chip de dados deve ser usado, exclusivamente, para fins acadêmicos. Esse é o maior objetivo da aquisição em benefício dos alunos. Contribuir para dar condições de acesso à internet e de acompanhamento das aulas remotas", esclarece Sildemberny Souza, diretor-geral da unidade.

As aulas no campus Tabuleiro do Norte serão retomadas, de forma virtual, no dia 29 de julho, com exceção das turmas do terceiro ano dos cursos técnicos Integrado em Manutenção Automotiva e em Petróleo e Gás, do terceiro semestre do curso técnico Subsequente em Administração e do quarto semestre do curso técnico Subsequente em Manutenção Automotiva, que tiveram as aulas retomadas no último mês de maio.


Por Marcelo Andrade, Jornalista

sábado, 4 de julho de 2020

Decreto altera regras da Previdência; entenda o que mudou

Um decreto publicado pelo governo federal nesta semana alterou regras da Previdência Social. O pagamento do 13º salário de aposentados e pensionistas do INSS agora será antecipado todos os anos, sem a necessidade de que o governo federal edite uma nova autorização a cada exercício.

Esta é uma das regras estabelecidas pelo Decreto 10.410, publicado no Diário Oficial da União de quarta-feira (01). A partir do ano que vem, a primeira parcela será sempre paga com o benefício de agosto (creditado entre o fim de agosto e o início de setembro), e a segunda parte do abono será quitada com o benefício de novembro (liberado entre os últimos cinco dias úteis de novembro e os cinco primeiros de dezembro).

O texto estabelece que o 13º salário é devido a quem recebe auxílio por incapacidade temporária (auxílio-doença), auxílio-acidente, aposentadoria, salário-maternidade, pensão por morte ou auxílio-reclusão. A primeira parcela corresponde a até 50% do valor do benefício.

Os pagamentos da primeira parcela começam nos últimos cinco dias úteis de agosto e vão até os cinco primeiros dias úteis de setembro. As datas do depósito variam conforme o valor e o número final do cartão de pagamento do beneficiário. A segunda parcela corresponde à diferença entre o valor total do abono anual e o valor antecipado na primeira parcela.

Os valores da segunda parcela caem na conta entre os cinco últimos dias úteis de novembro e os primeiros cinco dias úteis de dezembro, também a depender do valor e do número final do benefício. A expectativa é que as datas de pagamento de 2021 sejam divulgadas até o fim do ano. Este ano, por causa da pandemia do coronavírus, o governo federal decidiu antecipar as duas parcelas do 13º salário de 2020.

INSS prorroga antecipação do BPC e auxílio-doença até 31 de outubro


O governo federal publicou um decreto autorizando o Instituto Nacional do Seguro Social a pagar antecipações de auxílios-doença e do Benefício de Prestação Continuada. A medida, publicada em seção extra do Diário Oficial da União determina que as antecipações serão pagas até o dia 31 de outubro.

A lei que trata da autorização para antecipar o pagamento, estabeleceu o prazo de três meses, a partir de abril, para o pagamento de um salário-mínimo por mês para beneficiários do BPC e do auxílio-doença. A prorrogação publicada tem por objetivo evitar a aglomeração de pessoas para atendimento presencial nas agências do INSS, em razão da pandemia do novo coronavírus.

O INSS informou que a concessão do auxílio-doença continuará considerando os requisitos necessários, como carência, para que o segurado tenha direito ao benefício. Caso o valor do auxílio doença devido ao segurado ultrapasse um salário mínimo, a diferença será paga posteriormente em uma única parcela. No caso do BPC, o INSS disse que a antecipação do benefício será paga com base nos dados de inscrição no Cadastro Único do Governo Federal e no Cadastro de Pessoas Físicas.

SAAE LIMOEIRO DO NORTE SOLUCIONA PROBLEMA ELÉTRICO

O SAAE de Limoeiro do Norte informou que teve problemas no quadro elétrico da captação que motivou o desligamento e rapidamente o trabalho para solução do problema.

O comunicado mais uma vez foi rápido á população para a tomada de providências. 

Veja o comunicado.
A imagem pode conter: texto

quarta-feira, 24 de junho de 2020

COMUNICADO SAAE LIMOEIRO DO NORTE - 24/06/2020

POR CONTA DE UM VAZAMENTO NA ADUTORA QUE ABASTECE AS COMUNIDADES DE SÍTIO MILAGRES, MARIAS DIAS, CÓRREGO DE AREIA, CANTO GRANDE E BAIRRO ANTÔNIO HOLANDA SE FEZ NECESSÁRIO A INTERRUPÇÃO NO FORNECIMENTO DE ÁGUA Á ESSAS COMUNIDADES.

VEJA O COMUNICADO DO SAAE
A imagem pode conter: texto

Saiba como devolver auxílio emergencial recebido indevidamente

Quem recebeu o auxílio emergencial, mas não preencheu os requisitos para ter direito ao benefício de três parcelas mensais de R$ 600, poderá devolver os valores recebidos indevidamente. O Ministério da Cidadania disponibilizou uma página na internet com o passo a passo para a devolução. 
Dados da Controladoria-Geral da União (CGU) mostram a existência de 206.197 pagamentos com indícios de irregularidade no recebimento da primeira parcela do benefício e 37.374 pagamentos com os mesmos indícios de irregularidade na segunda parcela. A CGU disse que os cruzamentos feitos, relacionados ao mês de maio, indicam a existência de pagamentos a 318.369 agentes públicos incluídos como beneficiários do auxílio. 
O trabalho é fruto do acordo de cooperação técnica (ACT) firmado entre a CGU e o Ministério da Cidadania em abril, com o objetivo de evitar desvios e fraudes, garantindo que o auxílio seja pago a quem realmente se enquadra nos requisitos definidos para o seu recebimento.
A CGU informou que os cruzamentos de informações não conseguem especificar se as pessoas portadoras desses CPFs cometeram fraude ou se tiveram suas informações pessoais usadas de forma indevida.
“Já foram identificadas, por exemplo, situações como pessoas que possuem bens ou despesas que indicam incompatibilidade para o recebimento do auxílio, como proprietários de veículos com valor superior a R$ 60 mil; doadores de campanha em valor maior do que R$ 10 mil; proprietários de embarcações de alto custo; além de beneficiários com domicílio fiscal no exterior. Além disso, embora o público-alvo do programa inclua trabalhadores autônomos e microempreendedores individuais (MEI), foram identificados entre os beneficiários sócios de empresas que têm empregados ativos”, disse a CGU.
A CGU disse ainda que o montante de recursos envolvidos para os pagamentos feitos aos 318.369 servidores públicos, em maio, foi de R$ 223,95 milhões. “Na esfera federal, são 7.236 pagamentos a beneficiários que constam como agentes públicos federais, com vínculo ativo no Sistema Integrado de Administração de Pessoal (Siape), e 17.551 pagamentos a CPF que constam como servidores militares da União, ativos ou inativos, ou pensionistas. Nas esferas estadual, distrital e municipal, foram identificados 293.582 pagamentos a agentes públicos, ativos, inativos e pensionistas”, informou. 

Devolução

Após acessar a página, para devolução das parcelas recebidas fora dos critérios que permitem o recebimento do auxílio, basta seguir as orientações abaixo:
1. Informar o CPF do beneficiário que irá fazer a devolução;
2. Selecionar a opção de pagamento da GRU – “Banco do Brasil” ou “qualquer banco”.
Para pagamento no Banco do Brasil, basta marcar a opção “Não sou um robô” e clicar no botão “Emitir GRU”.
Para pagamento em qualquer banco, é necessário informar o endereço do beneficiário, conforme informações que serão pedidas após selecionar “Em qualquer Banco”, marcar a opção “Não sou um robô” e clicar no botão “Emitir GRU”.
De posse da GRU, é necessário fazer o pagamento nos diversos canais de atendimento dos bancos como a internet, os terminais de autoatendimento e os guichês de caixa das agências, lembrando que a GRU com opção de pagamento no Banco do Brasil só pode ser para canais e agências do próprio banco”.

Auxílio emergencial

O auxílio é um benefício do governo federal, destinado aos trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEI), autônomos e desempregado e tem por objetivo fornecer proteção emergencial no enfrentamento à crise causada pela pandemia do novo coronavírus (covid-19). De acordo com o ministério, será preciso gerar uma Guia de Recolhimento da União (GRU) para fazer a devolução.
Quem tem direito ao auxílio emergencial?
Tem direito ao benefício o cidadão maior de 18 anos, ou mãe com menos de 18, que atenda aos seguintes requisitos:
• Pertença a família cuja renda mensal por pessoa não ultrapasse meio salário mínimo (R$ 522,50), ou cuja renda familiar total seja de até três salários mínimos (R$ 3.135,00); 
• Que não esteja recebendo benefício previdenciário ou assistencial, seguro-desemprego ou outro programa de transferência de renda federal, exceto o Bolsa Família;
• Que não tenha recebido em 2018 rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70;
• Esteja desempregado ou exerça atividade na condição de:
– Microempreendedor individual (MEI);
– Contribuinte individual da Previdência Social;
– Trabalhador informal, de qualquer natureza, inclusive o intermitente inativo.
Quem não tem direito ao auxílio emergencial?
Não tem direito ao auxílio o cidadão que:
– Pertence à família com renda superior a três salários mínimos (R$ 3.135,00) ou cuja renda mensal por pessoa da família seja maior que meio salário mínimo (R$ 522,50);
– Tem emprego formal;
– Está recebendo seguro desemprego;
– Está recebendo benefícios previdenciários, assistenciais ou benefício de transferência de renda federal, com exceção do Bolsa Família;
– Recebeu rendimentos tributáveis acima do teto de R$ 28.559.70 em 2018, de acordo com declaração do Imposto de Renda.

terça-feira, 16 de junho de 2020

CONTAS DE LUZ: suspensão de cortes por inadimplência é prorrogada até 31 de julho

Uma medida da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) beneficia consumidores de energia elétrica no Ceará com a proibição de cortes, pelas distribuidoras, até o final de julho, mesmo com inadimplência. A Agência anuncia a decisão em meio a pandemia do coronavírus
A decisão foi tomada nesta segunda-feira (15), e os cortes começaram a serem proibidos em 24 de março, por 90 dias, até 23 de junho. A prorrogação da medida foi uma solicitação dos secretários estaduais de energia.
A suspensão de cortes continua a valer para todos os consumidores residenciais e também para serviços essenciais – como unidades de saúde e hospitais, serviços de entrega de alimentos e metrô, por exemplo.
O Ministério de Minas e Energia estima que as concessionárias do setor sofreram impacto negativo de R$ 6,6 bilhões com efeitos da covid-19 desde 18 de março, incluindo R$ 3,76 bilhões pela alta da inadimplência.
A agência reguladora irá abrir uma consulta pública para discutir a flexibilização gradual dessas medidas especiais após julho, com previsão de retorno à normalidade total das regras em janeiro de 2021.

segunda-feira, 15 de junho de 2020

VAZAMENTO: Com trabalho ágil e esforço SAAE Limoeiro do Norte consegue dar resposta rápida á população

O SAAE - Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Limoeiro do Norte tem se marcado pela competência na ação. Quando por ação imprevista algo ocorre na tubulação e tem que interromper o abastecimento de alguma comunidade ou mesmo da sede, "entram em "campo" os abnegados servidores com o aparato de equipamentos para dar solução ao problema.

Foi assim no último domingo(14), quando um vazamento no cruzamento das ruas Dr. Gaspar de Oliveira e rua Francisco Nunes Guerreiro ocasionou a necessidade de intervenção no sistema que abastece a sede.

Rapidamente equipes iniciaram os trabalhos e a comunidade foi imediatamente avisada através do perfil Oficial da autarquia.
A imagem pode conter: texto que diz "SERVIÇO AUTÔNOMO DE ÁGUA E ESGOTO URGENTE!!! DEVIDO VAZAMENTO NO CRUZAMENTO DAS RUAS DR. GASPAR DE OLIVEIRA E FCO. NUNES GUERREIRO o SISTEMA DE ABASTECIMENTO DA SEDE DE LIMOEIRO DO NORTE ESTÁ DESLIGADO E TEM PREVISÃO PARA RETORNAR ATÉ AS 17:00hs DE HOJE, 14 DE JUNHO DE 2020. LIMOEIRO DO NORTE 14 DE JUNHO DE 2020"
Após horas de trabalho, em pleno domingo, a equipe conseguiu devolver a normalidade do sistema. Um trabalho árduo e difícil, no entanto os profissionais conseguem no mais breve espaço de tempo devolver água ás torneiras da população. Um trabalho liderado pelo Superintendente Valdo Lemos, coma determinação do prefeito José Maria Lucena. 

Veja mais imagens do local do trabalho.


Governo do Ceará renova isolamento social em Fortaleza e Região Norte segue em Isolamento Social Rígido

O governador do Ceará, Camilo Santana, anunciou neste sábado (13) que o Governo do Ceará prorroga o decreto que mantém Fortaleza na Fase 1 do Plano de Retomada Econômica. Camilo informou também em sua transmissão ao vivo nas redes sociais que a região Norte segue em regime de Isolamento Social Rígido, além de fazer uma série de recomendações para a Região do Cariri.

Decreto renovado

Camilo Santana disse que o decreto estadual que mantém Fortaleza na Fase 1 do Plano de Retomada Econômica, está prorrogado por mais sete dias, justificando que a decisão foi tomada baseada em dados científicos, após se reunir as equipes de saúde, presidentes do Tribunal de Justiça e Assembleia Legislativa, Ministério Público Estadual e Federal, além do prefeito Roberto Cláudio.
“Fortaleza segue com a tendência de queda forte em seus números, em casos do coronavírus e óbitos, além da ocupação em leitos de UTI, hoje com 74%, e de leitos de enfermaria, com 54% ocupados. Assim como a demanda pelo atendimento nas unidades de saúde do Estado, como hospitais, postos de saúde e Upas”, informou o governador, que disse ainda que todos os dados estão disponíveis no site do IntegraSUS.
O governador também pediu rigor no cumprimento das normas estabelecidas, exatamente para que o plano de retomada possa ser levado adiante, fase a fase. “Essa semana a fiscalização fechou muitos estabelecimentos, com aglomerações e normas descumpridas. Nesse momento é fundamental o comportamento das pessoas e das empresas, para que possamos manter o rigor dos protocolos, de higienização, de distanciamento, manter os cuidados necessários para que possamos avançar às próximas fases”, explicou Camilo, lembrando que o uso de máscaras permanece obrigatório em todo o Estado do Ceará.

Região Norte e Cariri

Camilo comentou ainda sobre a sua preocupação com os municípios da Região Norte e do Cariri, que apresentem situação mais delicada. “Vamos manter o Isolamento Social Rígido em quatro cidades da Região Norte do Estado, Sobral, Acaraú, Camocim e Itarema. Vamos recomendar também que os municípios da microrregião também façam restrições mais rígidas em seus municípios. Há uma percepção também no crescimento dos números da pandemia no Cariri, e acendemos a luz de alerta para a Região. Por isso vamos recomendar no decreto que os municípios do Cariri façam maiores restrições, mesmo que permaneça ainda na fase de transição, para que durante a próxima semana a gente possa avaliar os números da Região”, informou o governador.

Parceria com a Fiocruz

Camilo destacou que o Ceará continua sendo o estado que mais testa no Brasil, e anunciou uma importante parceria para o aumento de testagens aqui. “Já foram mais de 177 mil testes no Ceará, e vamos aumentar mais agora. Vamos iniciar uma parceria com a Fiocruz, que está montando um laboratório de análise e testes no Ceará, que vai atender não apenas o nosso Estado, mas a região Nordeste. É importante que, para continuar com nosso planejamento de flexibilização, continuemos a acompanhar diariamente os números em Fortaleza, e que eles continuem caindo como estão caindo neste momento”, finalizou o governador do Ceará.